Ver ou vir, vir ou vier, ter ou tiver.

Ver ou vir, vir ou vier, ter ou tiver

Uso correto dos tempos verbais

Eu não vou dar a teoria e nem citar os nomes dos ditos tempos verbais. Sei que, devido ao ensino de português nas escolas, a maior parte das pessoas nem consegue prestar atenção quando assim falamos ou ensinamos.

Então vamos à parte prática:

Frequentar o Facebook traz inúmeros exemplos de sentenças que não estão corretas. Claro que o objetivo de nossas postagens não é ofender nossos amigos das redes sociais, mas apenas expor as formas corretas dentro da norma culta do português. Nem tenho a pretensão pessoal de saber tudo, mesmo porque não sei. Sempre que escrevo um artigo, faço a revisão, procuro a melhor maneira de explicar, as palavras, a acentuação, as vírgulas, a concordância, etc. E, quando tenho dúvidas, também pesquiso na internet, em sites de qualidade comprovada, sites em que podemos confiar. Mesmo assim sempre encontro algo não tão bom quando vou reler. Mas aí não mexo mais!

 

Ver ou vir

 

O correto é vir

O correto é vir

 

Foi postado no Facebook, mas o verbo ‘ver’ aqui está errado.

Ao usar o ‘se’, ‘enquanto’ ou ‘quando’ para descrever uma ação que vai acontecer ou pode acontecer no futuro, a frase deverá ficar assim:

Compartilhe quando vir o cavalo.

Se você vir o meu sobrinho andando pela praia, peça para trazer sorvetes na volta.

Enquanto o médico não vir o último paciente, a enfermeira não fechará o consultório.

 

 

Vir ou vier

 

O conceito é o mesmo, com ‘quando’, ‘enquanto’ ou ‘se’ para uma ação futura usaremos o ‘vier’:

Se ela vier na segunda-feira, vamos todos passear no parque.

Quando o meu pai vier me buscar, vou pedir para ele me comprar meias novas.

Enquanto as crianças não vierem, nem adianta começar a fazer o almoço.

 

Ter ou tiver

 

Mais uma vez se aplica a mesma estrutura: ‘se’, ‘enquanto’ e ‘quando’, como condição futura, levam ao ‘tiver’.

Quando você tiver terminado sua tarefa, pode ir brincar na quadra.

Ela só poderá comprar a blusa nova se tiver cinquenta reais.

Enquanto ele tiver fichas para jogar, o rapaz não vai deixar o salão.

 

Todos os verbos derivados de ter seguem a mesma regra. São eles: entreter, reter, deter e manter.

Se o artista entretiver a plateia com números divertidos, todos sairão contentes.

Enquanto as empresas retiverem o imposto dos funcionários, como saber se efetivamente pagam o imposto devido?

Quando os policiais detiverem os infratores, logo chegarão os curiosos.

Se ela mantiver esse casamento de fachada, certamente continuará a se sentir infeliz.

Vale a pena lembrar que podemos usar os exemplos para todas as pessoas, portanto conjugar os verbos normalmente.

Por hoje vamos ficando por aqui, espero que tenham aproveitado. Se tiverem alguma dúvida, pergunta ou sugestão, deixe aqui nos comentários. Responderei com o maior prazer.

Até a próxima, pessoal!

8 comentários

Deixe uma resposta