photo estilo1_zpssv583kcn.jpg Visite Nossa Loja Virtual

Regras para uso de crase

Regras para uso de crase.

Dando prosseguimento à nossa série de postagens sobre dúvidas frequentes de como escrever corretamente, hoje vamos falar sobre a crase.

Sabemos que até o nome da figura – crase – já é algo que traz lembranças da escola e pode ser uma coisa meio tediosa. A crase é a letra a com o acento grave, calma que isso não é doença, é apenas a forma à.

Regras para uso de crase

Usamos à para mostrar que a preposição a se soma ao artigo definido a, ou a preposição a se soma ao artigo definido as.

Exemplos:

Ela foi à casa do namorado.

Os torcedores assistiram à partida de futebol.

Para conferir se é necessário ou não o uso da crase, experimente substituir a palavra feminina que se segue por um substantivo masculino.

Ela foi ao clube.

Os torcedores assistiram ao jogo da seleção.

Outros casos:

É obrigatório usar crase quando as expressões indicam horas:

Elas chegam sempre às nove horas da manhã.

O avião vai partir às oito horas da noite.

A farmácia abre às sete horas.

Também devemos usar crase nas locuções: à medida que, às vezes, à noite, à tarde, etc.

À medida que o tempo passava, ela ficava mais bonita.

Às vezes fazia tanto frio, que era difícil adormecer.

O menino gostava de olhar o céu à noite.

À tarde eu sempre tenho muitas tarefas para fazer.

O uso da crase ainda é necessário para designar ‘à moda’, mesmo que a palavra moda esteja oculta.

Por favor, nós vamos querer uma pizza à moda da casa.

Quem gosta de filé à milanesa?

Quando não usar a crase

Antes de palavras masculinas:

Eles não vendem a prazo.

Ela foi a cavalo.

É muito perto, uns quinze minutos a pé.

Antes de verbos no infinitivo:

Os cachorros ficaram a latir, quando ele saiu.

Começou a sorrir quando se lembrou de sua namorada.

Passou a fazer cara feia quando lhe perguntavam se iria se casar com aquele rapaz.

Antes de pronomes pessoais:

Disse a ela que tudo iria dar certo.

Trouxeram a ela todas as pastas.

Comunicarei a elas a decisão do diretor.

Devo a eles o meu novo trabalho.

A Deus eu dedico minhas orações.

Expressões com palavras repetidas:

Dia a dia, passo a passo, frente a frente, etc.

Antes de nomes de cidades:

Vai a Roma para conhecer o Vaticano.

Foi a Santos ver o mar.

Quem chega a São Paulo sente logo o ambiente vibrante.

Este é um assunto longo e, na verdade, vale a pena listar os casos em que não se usa a crase. Faremos isso numa próxima postagem.

Resumindo

Usar à ou às para marcar preposição a + a, artigo definido feminino singular ou,

preposição a + as, artigo definido feminino plural.

Dica: Experimente usar com palavra masculina, se for necessário grafar ao, o feminino levará crase.

Até a próxima. (também não levou crase).

12 comentários

Deixe uma resposta