Regência Verbal

Regência Verbal

Na minha caminhada diária passo pela frente de uma construção. No início pensei tratar-se de uma reforma, mas derrubaram mesmo a casa velha, colocaram um tapume metálico e estão fazendo uma obra completa desde as fundações. Até podaram uma linda árvore, deve ser uma figueira, daquelas que vemos na praia. Mas não a arrancaram, o que já me fez simpatizar com os proprietários e os responsáveis pela construção.

Regância Verbal

Mas todo dia me incomoda a placa, esta placa aqui:

Regência Verbal

Aqui entra o título do nosso post: Regência Verbal.

 

O verbo fornecer, vamos pensar e perguntar?

Quem fornece? A Cimentudo.

O que ela fornece? Cimento, cal e argamassa.

Para quem ela fornece? Para esta obra.

O verbo determina a estrutura da frase. Ele é o regente. Como deveria ser a frase para estar correta?

Cimentudo

Fornece para esta obra

Cimento – cal – argamassa.

 

Vamos à definição:

A regência verbal é a relação sintática de dependência que se estabelece entre o verbo — termo regente — e o seu complemento — termo regido. A regência também determina se uma preposição é necessária para ligar o verbo a seu complemento.

Os termos, quando exigem a presença de outro são chamados regentes ou subordinantes; os que completam a significação dos anteriores chamam-se regidos ou subordinados.

Vamos ver mais alguns exemplos para deixar bem claro o que quero explicar para você.

Neide comprou um presente para seu namorado.

O verbo comprar – termo regente – é transitivo direto e pede um complemento. Comprar o que? Um presente – termo regido. E no caso também é transitivo indireto, pedindo complemento precedido de preposição. Para quem? Para seu namorado – termo regido.

Ainda o verbo comprar.

Meu marido comprou dois abacates na feira.

Aqui o verbo comprar vai pedir o complemento ‘dois abacates’ e também o complemento precedido de preposição, mas vai ser a preposição ‘em+a’, onde ele comprou? Na feira.

 

Mais um exemplo: Sandra levou sua sobrinha para a aula de informática.

Para que a frase tenha sentido, o verbo levar pede que se leve algo ou alguém – complemento. E, no caso, pede para que se informe o lugar para onde se leva esse algo ou alguém.

Agora que você já entendeu direitinho, é só fazer a lista dos verbos e, se seu objetivo são os concursos ou prova do ENEM, deverá decorar a lista dos verbos que mais caem nas provas.

No próximo post vou fazer uma lista dos verbos principais e que são muito utilizados nos exames. E no post seguinte você terá exercícios para treinar o que aprendeu aqui.

Então até a próxima.

 

2 comentários

Deixe uma resposta