Pontuação em Português – Exercícios

Exercícios resolvidos de pontuação em português.

1. Coloque as vírgulas corretamente:

“A Lagoa dos Patos é na verdade uma laguna por ter uma ligação com o oceano através da Barra de Rio Grande. Por seu tamanho é carinhosamente chamada de “mar de dentro” pelos bicuíras (gaúchos que vivem no litoral). Em 1737 quando espanhóis e portugueses brigavam pelos territórios ao sul da América Latina o brigadeiro José da Silva Paes entrou com sua esquadra por essa barra e fundou a Vila do Rio Grande de São Pedro.” (Patrícia Lima).

2. Indique a frase em que o uso da vírgula está INCORRETO:

A. Sapos e pirilampos esquisitos, habitavam a floresta misteriosa.

B. Sujeito teimoso, Policarpo agora cismava em aprender medicina.

C. Chegaram os turistas felizes, falando pelos cotovelos, muito curiosos.

D. Lá pras bandas de Santa Catarina, choveu durante 20 dias sem parar.

E. Dr. Gilberto, renomado cardiologista carioca, cuidou do meu tio.

3. Use convenientemente as aspas, a vírgula e os dois-pontos no fragmento de texto abaixo:

Não sei viver sem pescar. A lagoa é a minha vida pois me dá a melhor comida o peixe. O depoimento é do pescador Celmar Pereira que vive e pesca em Rio Grande. (Patrícia Lima)

4. Empregue de modo adequado, os sinais de pontuação (vírgula, travessão e dois-pontos) no seguinte trecho:

… Pierre no leme arribou para 330 graus. Vilfredo percebeu e alertou Pierre não esqueça o rumo é de 300 graus. Mas pai o barco está andando mais em 330 graus. (Família Schürmann; Dez anos no mar; pág. 63).

5. Use, adequadamente, os sinais de pontuação (vírgula, ponto-e-vírgula e dois-pontos) no trecho a seguir:

“Do dizer de Pinto Ferreira a relação processual eleitoral é sempre de Direito Público. Nela se encontra a presença dos seguintes sujeitos da dita relação processual eleitoral o cidadão brasileiro pessoa física e sujeito de direitos políticos o partido político o juiz ou tribunal como representante do Estado que é um sujeito de Direito Público interno.” (Francisco Dirceu Barros; Direito Eleitoral; pág. 14)

Respostas

1. Coloque as vírgulas corretamente:

“A Lagoa dos Patos é, na verdade, uma laguna, por ter uma ligação com o oceano através da Barra de Rio Grande. Por seu tamanho, é carinhosamente chamada de “mar de dentro” pelos bicuíras (gaúchos que vivem no litoral). Em 1737, quando espanhóis e portugueses brigavam pelos territórios ao sul da América Latina, o brigadeiro José da Silva Paes entrou com sua esquadra por essa barra e fundou a Vila do Rio Grande de São Pedro.” (Patrícia Lima)

2. Indique a frase em que o uso da vírgula está INCORRETO:

A. Sapos e pirilampos esquisitos, habitavam a floresta misteriosa.

B. Sujeito teimoso, Policarpo agora cismava em aprender medicina.

C. Chegaram os turistas felizes, falando pelos cotovelos, muito curiosos.

D. Lá pras bandas de Santa Catarina, choveu durante 20 dias sem parar.

E. Dr. Gilberto, renomado cardiologista carioca, cuidou do meu tio.

RESPOSTA: A

3. Use convenientemente as aspas, a vírgula e os dois-pontos no fragmento de texto abaixo:

“Não sei viver sem pescar. A lagoa é a minha vida, pois me dá a melhor comida: o peixe”. O depoimento é do pescador Celmar Pereira, que vive e pesca em Rio Grande. (Patrícia Lima)

4. Empregue, de modo adequado, os sinais de pontuação (vírgula, travessão e dois-pontos) no seguinte trecho:

… Pierre, no leme, arribou para 330 graus. Vilfredo percebeu e alertou:

— Pierre, não esqueça, o rumo é de 300 graus.

— Mas pai, o barco está andando mais em 330 graus.

(Família Schürmann; Dez anos no mar; pág. 63)

5. Use, adequadamente, os sinais de pontuação (vírgula, ponto-e-vírgula e dois-pontos) no trecho a seguir:

“Do dizer de Pinto Ferreira, a relação processual eleitoral é sempre de Direito Público. Nela se encontra a presença dos seguintes sujeitos da dita relação processual eleitoral: o cidadão brasileiro, pessoa física e sujeito de direitos políticos; o partido político; o juiz ou tribunal, como representante do Estado, que é um sujeito de Direito Público interno”. (Francisco Dirceu Barros; Direito Eleitoral; pág. 14).

Deixe uma resposta