Mas, mais ou más?

Continuando com nossa série de postagens sobre a língua portuguesa, hoje vou dar mais uma dica para nossos leitores. Essa parece ser bem simples, porém muitos se confundem, principalmente nas redes sociais.

Estou falando do uso do mas, mais ou más. Você sabe qual é a diferença das três palavras? Vejamos:

Mas é uma conjunção adversativa e serve para apontar uma oposição entre orações. Pode ser substituída por: porém, contudo, todavia, entretando, etc. Por exemplo:

“Acabou-se o tempo das ressurreições, mas continua o das inssurreições” [MM]

Mais é um advérbio de intensidade ou pronome indefinido. É o contrário de menos. Por exemplo:

“Andou mais depressa” – Advérbio de intensidade

“Mais amores e menos confiança” – Pronome indefinido

Más é um adjetivo e serve para caracterizar um substantivo. É o plural de má e o contrário de boas. Por exemplo:

“Cuidado com as más línguas”

Deixe uma resposta