ESTRUTURA DA PALAVRA: PROCESSOS DE FORMAÇÃO DE PALAVRAS – II

ESTRUTURA DA PALAVRA: PROCESSOS DE FORMAÇÃO DE PALAVRAS – II

 Exercícios Resolvidos

06. Assinale a alternativa sem desinência modo-temporal:

a) aplaudias; d) vendam;

b) acordou; e) cobrasses.

 

E o que é desinência modo-temporal? Desinência modo-temporalé o elemento que designa o tempo e o modo do verbo.

Por exemplo:
falávamos ( indica o pretérito imperfeito do indicativo.)
falasse ( indica o pretérito imperfeito do subjuntivo.) 

Assim, a resposta para a questão 6 é a alternativa (b)

 

07. Assinale a opção em que o processo de formação de palavras está indevidamente caracterizado:

a) vaga-lume: composição;

b) cruzeiro: sufixação;

c) palmeira: sufixação;

d) irritação: sufixação;

e) baunilha: sufixação.

Existem dois processos básicos pelos quais se formam as palavras: a derivação e a composiçãoA diferença entre ambos consiste basicamente em que, no processo de derivação, partimos sempre de um único radical, enquanto no processo de composição sempre haverá mais de um radical. No caso da derivação, podemos ter a sufixação ou a prefixação.

A resposta correta para a questão 7 é a opção (e). Não há sufixo em baunilha.

 

 

08. Indique a palavra que foge ao processo de formação de chape-chape:

a) zunzum;

b) reco-reco;

c) toque-toque;

d) tlim-tlim;

e) vivido.

Chape-chape é uma palavra formada pelo processo chamado de onomatopeia, que consiste na imitação aproximada entre o som de uma palavra e a realidade que a mesma representa. A palavra tenta imitar, pois, o som natural da coisa significada. Traduz, pois, ruídos, gritos, a “voz” dos animais, o som de máquinas, a voz humana, expressão de alguns sentimentos (dor, riso…), o barulho que acompanha os fenômenos da natureza, instrumentos musicais, etc. É uma aproximação sonora – nunca uma reprodução exata.

Assim, a resposta correta para a questão 8 é a alternativa (e).

 

09. Assinale a letra em que as palavras são formadas por derivação regressiva, derivação parassintética e composição por aglutinação, respectivamente.

a) neurose, infelizmente, pseudônimo;

b) ajuste, aguardente, arco-íris;

c) amostra, alinhar, girassol;

d) corte, emudecer, outrora;

e) pesca, deslealdade, vinagre.

Ocorre derivação regressiva quando uma palavra é formada não por acréscimo, mas por redução. Exemplo: verbo comprar – substantivo compra; verbo perder – substantivo perda. Derivação Parassintética (prefixo + palavra primitiva + sufixo). Neste caso, para que a palavra possa ser formada é necessário acrescentar um prefixo e um sufixo. Exemplo: a – manh(ã) – cer = amanhecer; en – surd(o) – ecer = ensurdecer. E, finalmente, as palavras que fazem parte do mesmo vocábulo encontram-se aglutinadas (unidas, fundidas). Desta fusão resulta um significado diferente, assim como a limitação a um único acento na palavra. Exemplos: água+ardente= aguardente; filho+de+algo= fidalgo; plano+alto= planalto.

Assim sendo, a resposta pedida para a questão 9 é a opção (d).

 

 

10. Grupo de três palavras formadas por DERIVAÇÃO:

a) pesaroso, apelo (subst.), refazer;

b) pontapé, introduzir, cipoal;

c) decímetro, casamento, namoro (subst.);

d) cine, guarda-roupa, infiel;

e) infelizmente, amolecer, varapau.

Derivação é o processo de formação de palavras que consiste no acréscimo de afixos a uma raiz (um radical, ou uma palavra primitiva).

Para responder a pergunta 10, a opção correta será a opção (a). Todas as palavras do grupo são formadas por derivação.

 

 

Deixe uma resposta