Conjunção

Conjunção

 

Conjunção é a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração.

As conjunções, do mesmo modo que as preposições, servem como elementos de ligação entre as palavras, não tendo função sintática.

Vamos visualizar com um exemplo:

O garoto pegou a bola de futebol e mostrou quando viu os amigos.

Nesse exemplo podemos reconhecer três informações:

– O garoto pegou a bola de futebol;

– e mostrou;

– quando viu os amigos.

São três orações com as informações estruturadas a partir dos três verbos na frase. As orações são ligadas pelas palavras ‘e’ e pela palavra ‘quando’. Elas são conjunções.

Mas uma conjunção também pode ligar dois termos semelhantes da mesma oração.

Exemplo: Eles gostam de banana e maçã.

Banana e maçã são frutas, são termos semelhantes.

As conjunções podem ser coordenativas ou subordinativas.

 

Conjunções Coordenativas

 

1 – Aditivas –  e, nem (= e não), não só… mas também, não só… como também, bem como, não só… mas ainda.

2 – Adversativas – mas, porém, contudo, todavia, entretanto, no entanto, não obstante.

3 – Alternativas – ou, ou… ou, ora… ora, já… já, quer… quer, seja… seja, talvez… talvez.

4 – Conclusivas – logo, pois (depois do verbo), portanto, por conseguinte, por isso, assim.

5 – Explicativas – que, porque, pois (antes do verbo), porquanto.

 

Conjunções Subordinativas

 

Elas ligam duas orações de modo que uma é dependente da outra. Essa oração que depende da outra recebe o nome de oração subordinada. A outra é a oração principal.

As conjunções subordinativas podem ser:

1 – Integrantes – Completam o sentido da principal, que, se.

2 – Adverbiais –  Funcionam como adjunto adverbial da principal.

a) causais – porque, que, como (= porque, no início da frase), pois que, visto que, uma vez que, porquanto, já que, desde que, etc.

b) concessivas – embora, ainda que, apesar de que, se bem que, mesmo que, por mais que, posto que, conquanto, etc.

c) condicionais – se, caso, contanto que, salvo se, a não ser que, desde que, a menos que, sem que, etc.

d) conformativas – conforme, como(= conforme), segundo, consoante, etc.

e) finaispara que, a fim de que, que, porque (= para que),que, etc.

f) proporcionais – à medida que, à proporção que, ao passo que e as combinações quanto mais… (mais), quanto menos… (menos), quanto menos… (mais), quanto menos… (menos), etc.

g) temporais – quando, enquanto, antes que, depois que, logo que, todas as vezes que, desdeque, sempre que, assim que, agora que, mal(= assim que), etc.

h) comparativas – como, assim como, tal como, como se, (tão)… como, tanto como, tanto quanto, do que, quanto, tal, qual, tal qual, que nem, que (combinado com menos ou mais), etc.

i) consecutivas – de sorte que, de modo que, sem que (= que não), de forma que, de jeito que, que (tendo como antecedente na oração principal uma palavra como tal, tão, cada, tanto, tamanho), etc.

 

Locuções Conjuntivas

 

São formadas por conjuntos de palavras que funcionam como conjunção.

 – visto que
– desde que
– ainda que
– por mais que
– à medida que
– à proporção que
– logo que
– a fim de que

 

 

Atenção:

Muitas conjunções não têm classificação única, imutável, devendo, portanto, ser classificadas de acordo com o sentido que apresentam no contexto.

 

 

2 comentários

Deixe uma resposta