Adjunto Adnominal e Complemento Nominal

Adjunto Adnominal e Complemento Nominal

Bom dia, estudante!

Hoje veremos a diferença entre o adjunto adnominal e o complemento nominal de forma clara e bem objetiva com esta excelente dica do Professor Leo.

Características do adjunto adnominal:

  • Está ligado a substantivo concreto;
  • Pode está ligado a substantivo abstrato e deve ter sentido ativo; (O termo executa a ação do substantivo.)
  • A confusão se dá na preposição “de, do, da”.
  1. Cortei o cabelo de Pedro. (Note que “de Pedro” completa o substantivo concreto “cabelo”.)
  2. Comprei um anel de ouro. (Note que “de ouro” completa o substantivo concreto “anel”.)
  3. Fomos  à casa de meu pai. (Note que “de meu pai” completa o substantivo concreto “casa”.)

Agora, se o substantivo for abstrato, devemos observar se o termo com preposição “de” exerce a função ativa; caso a função seja passiva, teremos um complemento nominal:

  1. A crítica do professor foi normal. (O termo “do professor” completa o substantivo abstrato “crítica”. Veja abaixo que esse termo tem sentido ativo.)
  • O professor fez a crítica? Sim
  • O professor recebeu a crítica? Não
  1. A descoberta do Brasil. ( O termo “do Brasil” completa o substantivo abstrato “descoberta”.Veja abaixo que esse termo tem sentido passivo.)
  • O Brasil foi descoberto? Sim
  • O Brasil descobriu? Não
  1. A descoberta do Pedro. ( O termo “do Pedro” completa o substantivo abstrato “descoberta”.Veja abaixo que esse termo tem sentido ativo.)
  • O Pedro descobriu? Sim
  • O Pedro foi descoberto? Não

Percebeu como é fácil saber a diferença de um do outro. Basta olhar primeiramente se o substantivo é concreto ou abstrato, depois fazer as duas perguntas para ver se o sentido é ativo ou passivo. Além disso, a confusão se apenas nas preposições “de, do, da”.

Vou ficar por aqui e aguardo você na próxima dica!

Conheça nossos sites: www.materiaisdeportugues.com.br / www.agoravouaprender.com.br

 

1 comentário

Deixe uma resposta